Contratar uma empresa de saúde para cuidar do seu bem-estar, oferecer soluções de prevenção contra doenças e conforto quanto a procedimentos cirúrgicos é uma tarefa árdua. O sistema público brasileiro enfrenta problemas em razão do sobrecarregamento de pacientes e não suporta o atendimento completo a todos, podendo ser precário, porém muito necessário e que exerce um grande papel em nossa sociedade.

Pensando em agilidade e melhores condições de atendimento, muitos optam por contratar planos de saúde. Conforme a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), em janeiro de 2021, cerca de 47,7 milhões de pessoas utilizam os serviços de assistência médica. Porém, você sabe como avaliar qual o melhor serviço? Quais os riscos e como as propostas devem ser analisadas? A Digital Saúde te auxilia na escolha desse bem tão importante. Vamos lá? 

➡ Avaliações da operadora

Contas não pagas e avaliações com resultado negativo em excesso podem fazer operadoras virem à falência. Você pode encontrar as melhores avaliações no site da ANS. O link é confiável e a lista de planos suspensos é atualizada a cada três meses, podendo também analisar se a operadora realizava comércio ilegal ou se não cumpria com prazos. Recomenda-se consultar sites de noticiários para entender como anda a empresa. Ferramentas de pesquisa eletrônica estão sempre em nossas mãos para facilitar. 

Sabe-se que a opinião de clientes são formas eficientes e muito importantes de conhecer os prós e os contras de um serviço ou produto. Pedir a opinião de colegas, familiares ou conhecidos que adotaram o plano também é uma forma de sanar dúvidas, analisar o trabalho e avaliar a qualidade dos serviços prestados.

➡ Entenda o contrato

O fechamento do negócio é um dos momentos mais importantes. Lembre-se de tirar suas dúvidas com o profissional e anotar todas as informações importantes. Leia o contrato, pois além de fundamental, você deve compreendê-lo para evitar surpresas. 

O índice de reajuste na mensalidade é um aspecto importante, que geralmente aumenta uma vez por ano. A porcentagem de reajuste do ano anterior pode ser encontrada na internet ou com o corretor do convênio. Vale lembrar que tudo deve ser conversado com o profissional adequado para que ele fique ciente dos valores e das condições.

➡ Carência e reembolso

No caso de acidentes ou necessidade de especialistas, o reembolso deve corresponder com o contrato. Dois pontos importantes a serem considerados:

  • Se há burocracias exageradas no processo de reembolso
  • Se o valor é coerente com os preços praticados na região

O período entre a assinatura do contrato e o início do uso dos serviços é chamado de carência. Existem diversos tipos de carência para casos distintos. Geralmente a relação é a seguinte:

  • Urgências e emergências após a vigência do contrato: 24 horas
  • Internações, procedimentos complexos e cirurgias: 180 dias
  • Doenças e lesões já existentes: 24 meses
  • Partos: 300 dias

Rede credenciada

Os hospitais, as clínicas, os laboratórios e os médicos cobertos pelo plano de saúde são chamados de rede credenciada. Caso precise utilizá-lo, o ideal é verificar se as especialidades listadas incluem as clínicas e os locais dispostos na sua rede. 

Aliás, o melhor é buscar uma rede que fique na própria cidade ou arredores, visto que muitos colaboradores podem ter dificuldades em acessar locais muito distantes.

➡ Avalie a sua necessidade

No universo dos planos de saúde, existem diversos tipos de serviços disponíveis. Antes de contratar, é importante saber exatamente o que você precisa para não acabar optando por um plano maior que ofereça serviços desnecessários e que apenas deixarão o valor mais alto.

Entre os tipos de plano estão:

– Plano de referência – Mais completo, oferece atendimentos médicos exames laboratoriais, de imagem, tratamentos, internações, obstetrícia e cirurgias. Aciona o atendimento de urgência e emergência após 24 horas de contratação.

– Plano ambulatorial – Atende serviços médicos básicos em consultórios e clínicas de diagnósticos. Oferece consultas em diversas especialidades e internação em um período de 12 horas, hemodiálise, quimioterapia – se não houver necessidade de internação -, radioterapia sob as mesmas condições e cirurgias oftalmológicas.

– Plano hospitalar – Oferece atendimento hospitalar com internação, cirurgias e a cobertura de todos os serviços que forem necessários para tal. A lei não admite que seja implementado um tempo máximo para que o beneficiário esteja internado.

– Plano hospitalar com obstetrícia – Sua cobertura é a mesma do hospitalar, porém inclui atendimentos de pré-natal, internação para o parto, serviços médicos pós-parto e cuidados com o bebê recém-nascido por 30 dias.

– Plano odontológico – É o segmento de serviços odontológicos e abrange os serviços de consultas, exames, atendimentos urgentes e emergenciais e tratamentos solicitados pelo cirurgião dentista.

Confira nosso conteúdo sobre como fazer bom uso do seu plano de saúde.

Proporcionamos uma consultoria 100% digital e descomplicada! Fale com a gente:

📱 (11) 5555.8797 – WhatsApp e fixo
📧 atendimento@digitalsaudeassessoria.com.br

Fique de olho também nossas redes sociais, sempre publicamos dicas e novidades. 😉

Facebook – @digitalsaudenet
Instagram – @digitalsaudenet

Este artigo foi útil?
Avalie

5 / 5. 1

5